30 de dez de 2011


Vamos elucidar então, os fatos que realmente são relevantes?
Vamos de vez por fim às nossas ilusões?
Vamos amar e ser amados na medida justa?
Ser escutados, respeitados ou compreendidos?

Então,
Cubra-se agora, com o manto sagrado. Faço questão de profaná-lo nesse instante...
Suicidarei a cada dia minhas frustrações. Uma a uma, vou dando como ração aos cães. Como visão ao cego. Ou, puramente, como cinzas à terra.

A primeira delas seria a emoção. Devo restituí-la ao seu senhor como um dízimo ou dote. Se eu posso tê-la, é sinal que possuo reais condições físicas ou psíquicas, que me atribuam à mesma.

Estou aprendendo a lidar com as emoções. Se tratando do outro, o esforço ainda é maior, e melhor me conduz ao embate. Se eu chorar junto, não me tenha como inimigo. Amando igual, é desperdício de tempo. Mensurar emoções numa constante contenda é complicado demais pro meu dissabor.

Não quero ser muito rebuscado.
Tento ser claro. Me é difícil, pois, escrevo sempre sob o crivo das minhas próprias emoções mescladas às tuas também.

Obrigado.
Me dás o privilégio de ter-te como aliado.

Ontem ouvi de uma pessoa algo que me fez refletir:

“O culto divino é a forma mais genuína em todas as gerações que aqui chegaram, da expressão de respeito ou veneração frente ao medo, velado ou não, que temos de Deus.”
(....)









4 comentários:

  1. Com um baquete desses,a essa hora, não preciso de mais nada pelo resto do dia.
    Beijocas
    Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos nos alimentar daquilo que nos enobrece!!! Bjs!

      Excluir
  2. Escrevo sempre sob o crivo das minhas próprias emoções mescladas às tuas também.

    Isso é muito forte!!!
    Bjitos...
    Dany Marley!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reciprocidade. O isolamento seria a ausência da linguagem.

      Excluir

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos