6 de jun de 2012
Sentados no templo - ouvidos à escuta
Burguês ou mendigo, quaisquer sejam os credos
Adorar deus-menino, na fé e na luta
Há quem o condene, cravando-lhe pregos


Quando o infinito infiltrou-se no tempo
Com a incubência - trazer uma verdade
Ademais tão certeira, infiltrava-se dentro
Das criaturas remidas no sangue e na carne


0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos