12 de jun de 2012
Te desejo à medida dos meus sonhos
Numa foto teu sorriso se destaca
Na memória guardo as tuas entregas
Pelos corpos estão marcas de um tempo

Em teus campos vou plantando minhas palavras
E adoço o amargo dia frio
Não entendo para não ser confundido
Nem me dou além do que tu necessitas

Eu me escondo em teus olhos e cabelos
Resistindo à minha vontade, eu me prostro 
E violo em instantes o abraço
Pra na pele encontrarem-se os suores

Me encurvo ante meus próprios instintos
E ancoro a tua nau em meus anseios
Não te deixo sequer quando estou sozinho
Me abrigo na soleira de teus muros

Sou pequeno para ver tua grandeza
Me estendo, me ajunto, me comprimo
Tem alguns que sem a menor importância
Julgam mal o que guardamos lá no íntimo




0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos