22 de jun de 2012
Olhos se abrem ao gesto
Gestos se dão pelo toque
Toques se acham no atrito
Atritos se chocam na pele
Peles encomendam o ato
Atos se fazem no desejo
Desejos confundem o instinto
Instintos procuram sentido
Sentidos enganam o destino
Destinos se cruzam na estrada
Estradas me levam ao horizonte
Horizontes refazem o começo
Começos me conduzem ao ocaso
Ocasos dormem na manhã
Manhãs insinuam a vida
Vidas distraem a relação
Relações se perfazem no encontro
Encontros me levam ao outro
Outros são mais que eu sozinho







3 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos