14 de jul de 2012
Escolho amar por uns três minutos
Só pra não contrariar a vontade da cabeça

Escolho calar-me um instante
Pra deixar a mente vigiar meus segredos

Escolho a luta
Mesmo quando a dor ensaia sorrisos

Escolho o vento por uma tarde
E à noite prefiro o calor do encontro

Escolho a saudade
E não alimento o choro da mágoa

Escolho suores
Ainda que o corpo não resista ao frio

Escolho a modéstia
Bandeiras seguem o curso dos ventos

Escolho ser eu mesmo
Até quando o norte está distante


0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos