19 de ago de 2012
"À memória, uma pitada de saudade"

"Por traz da ideia se esconde a dúvida"

"O requinte de ingênua crueldade, macula o crime"

"Duvido até o dia em que me convençam"

"Viver é um beco sem saída"

"Quando arrisco o meu mundo se divide"

"Amar. Outro risco."

"Onde abundou o dinheiro, superabundou a ganância"

"Espelho espelho meu!
 O que será de Julieta sem Romeu?"

"Na inocência de um cão, repenso meus conceitos"

"Tanto disfarce banaliza o espírito"

"A vaidade é necessária e contingente"

"Meus ais só tem sentido sem ti"

"A Chuva manda o recado pela boca do Trovão"

"Para a estreia da vida não houve ensaios"

"Sou negro. Existo humano"

"Haverei memória noutra vida?"








0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos