4 de out de 2012

O mal achegara-se bem perto
que sua luz contaminou meu verso
Se o bem é o que quero mas não tenho
E o mal nunca é bem, embora bom
Que a lógica encontre-se com o tom
Tão logo eu me refaça da ressaca
De novo, uns belos goles de cachaça
Para animar o bem que levo dentro
Cabeça faz do homem seu tormento
Se o bem de deus é mal lá no inferno
Se revelará ao fim esse mistério?

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos