20 de out de 2012
Enquanto a maldade deixa o meu coração em paz
A guerra lá fora se retrai
A droga, então favorita, não me convence mais
Contraio com força o calcanhar

O verbo quer da palavra mais força e ação
Afirmo, negando a criação
Do homem ou da ideia, não há como fugir
Enfrento a guerra com pílulas



0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos