21 de jan de 2013
Poema ou poesia
Encanto ou magia
E toda vez que abro a boca, sai canção

Fecho os olhos
E só lá onde eu posso ir
Te imagino
E o canto me eleva
E me leva lá onde o coração
Se deixa

E de repente, no silêncio dos meus olhos fechados ecoa a canção
Tem mais rima, uma parte, um pedaço
Tem corrida, tem descanso, tem cansaço
E disfarçando sou melhor entendido
É que poema e canção
Não são nada mais do que a interpretação do espírito
É quando o destino tira o argumento do fato
E o poema costuma de vez em quando 
Se distanciar um pouco da poesia
É que o coração é de pedra
E toda magia vira feitiço pra te ter bem perto
Deixa a canção encontrar o seu canto
Abra os olhos e assuma o canto
Dor e alegria se limitam ao sentimento escondido

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos