2 de fev de 2013
A natureza
É um papel em branco
A pele preta
Encontra-se no canto
No chão batido
Os pés cravam os seus poros
Rodam as saias
Varrendo os embrolhos
A carne fraca
Engana a divindade
Que tudo vê
Quando o coração, se abre




0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos