15 de fev de 2013
Quem entre nós
Vai provar que foi inútil
E renegar o amor?
Dias se vão
E o silêncio acorda o sonho
Noites em solidão
Agora o preço pago ficou alto
E o coração sozinho está inseguro
Não tenho a mesma gana de outrora
Quando bastava o teu sorriso
Para me animar
Restou um clima indivisivo
Não posso ser só um amigo
Sem o quê me afagar
Uma amizade indiferente
Que só afasta mais a gente
Menos, tento esquecer e, 
Só me lembro mais
Em quanto tempo vou perder a minha paz
Te quero perto
Mas não me sobra alternativa
Longe se foi, deixando exposta a ferida

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos