22 de mai de 2013
Escorrem pela parede da sala, 
fios em falso de água de chuva, que, vazam do amianto...

Enrolei num papel meus desmandos
Para devolver o que roubei da eternidade
Foi um trecho de vida
Era uma parte do rio
Cabia nas mãos, o desejo
Cada intuição, nas mãos, cabia





0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos