16 de mai de 2013
Um segundo
Dos embrolhos
De meus olhos
Te dedico

Onde estão as maravilhas
Se escondem as armadilhas
Da paixão

Feito faro raro, indica
A verdade reivindica
O coração

Quero me fingir de morto
Ao contrário, indisposto
Estaria

Tenho medo do futuro
O presente é um muro
Contraria

Separando meu juízo
Da moral, do prejuízo
Aceitação

Em contraste com o mundo
Eu me perco lá no fundo
Da razão

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos