12 de set de 2013
o mesmo que dá
é o que tira
não se iluda ao desespero
de enfrentar o pensamento
e reatar com o velho homem
redescobrir antigas verdades
que se escondiam sob a pele
na ponta que atingia o osso
mire adiante
olhe pros lados
teu inimigo é sentinela
seus olhos são duas janelas
vendo passar quem lhes alcance
seja honesto como a noite
não traia o seu coração
e te ilumine a luz do dia
felicidade é condição
não o amor...
ele ultrapassa os limites
às vezes chega sem convite
e te pega
te dá o que tanto procuras
o céu e o mar, o sol e a lua
e não te cobra




0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos