2 de set de 2013
coração tá pedindo igualdade
mas a minha cabeça não duvida
no cortejo da santa esperança
da verdade, eu celebro a partilha 

em que rumo se foi, felicidade
onde está o sentido para a vida
é por lá que mora a tal liberdade
onde há cura para qualquer ferida

mesmo que a solidão queira ferir 
ao ter medo de amar e do perdão
lá o tempo não sabe a decisão
só o teu coração vai discernir
feito cores que ao luar se vão
feito vários botões no céu florir


0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos