10 de set de 2013
às mãos que constroem paredes
as lágrimas que derrubam muros
água que mata a sede
pedra que esconde o furo
remediar a semente
colher o que não plantou
inebriar o demente
maré cheia que me amuou

sonho que guarda o futuro, a saudade
medo da solidão
dia que esconde a noite na sombra
clara é a escuridão


0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos