8 de set de 2013
é por debaixo da coberta
que fica nu o pensamento
e deixo frouxo o sentimento
o meu desejo fica alerta

é por debaixo da coberta
que o desespero
chegou à noite ao coração
armou sua cilada
trocou o amor da amada
e fugiu da situação

é por debaixo da coberta
que mora o sonho proibido
embriagar o teu ouvido
canção de voz angelical
só faço o bem, embora o mal
peça de mim a sua parte
a tal coberta que era sua
foi encobrir a luz da lua
de lá viajou pra marte

agora não tem mais coberta
e se a vontade estava certa
o céu descobriu sua arte


0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos