26 de nov de 2013
Ela muito sorria
Mas a poucos agradava
Tinha toda liberdade
E fingia ser feliz
Falava o que não via
Os caminhos, desandava
Seu problema, na verdade
é entre o queixo e o nariz
Se lhe aflige a realidade
Recorre frouxo à fantasia
Se lhe assusta a claridade
Logo anoitece o seu dia
Vive da sombra que engana
Do brilho frio, quer a fama
Aquece a todos e é tão fria

E quem terá algum direito
De lhe cobrar outra postura?


0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos