14 de dez de 2013
achei que seria errado
não mais ter que ceder
o meu jeito arriscado
de desobedecer 
a voz
e julgar desnecessário
sentir além do tom
deixar no imaginário
à noite um sonho bom
de nós

que o homem veio a saber...

e quem acredita
palavra inaudita
no centro da sala
é velho de novo
no meio do povo
fazendo as malas
a luta persiste
que o forte resiste
e o fraco se abala
dentro da cabeça
o eterno aconteça
no breve da fala





0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos