8 de dez de 2013
abrir o coração antes da flor
sentir a emoção, seja o que for
deixar a ilusão te encontrar
compor, sorrir, andar, correr, chorar
tropeço em meu tropicalismo e só
estética de laços em meu nó
o mundo me parece menos mais
navego e não saio do meu cais

tamanho de vento
colorindo o ar
me perco no tempo
me custa custar
no chão um poema
se referendou
na boca a palavra
lá mesmo ficou











0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos