16 de dez de 2013
o sol vermelho
clareia meu escuro
revelando o futuro
antes da manhã
o sol vermelho
desfaz qualquer indício
segrega o meu vício
enganando a dor
o sol vermelho
chega por sob a pele
seu veneno desfere
pra me seduzir
o sol vermelho
me deixa intranquilo
violando sigilos
faz de mim ruim
o sol vermelho
invade meu sossego
me cobra desapego
quer exatidão
o sol vermelho
tem sua alquimia
inventa a alegria
disfarça a escuridão




0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos