4 de dez de 2013
invadiu o grito
despiu o silêncio
estancou o vício
sangrou o lamento

que a gargalhada está solta na calçada
o dedo torto indica o rumo do caminho
a voz divina é pra espantar o desespero
o sentimento segue a trilha da verdade
samba canção tá me deixando meio tonto
vou assumir esse chorinho no meu peito
vou escalando essa ruína e lá do alto
o equilíbrio seja o pão, seja o sustento
medir a falta, o repúdio, a ganância
é desferir no próprio peito uma lança
uma ferida que o tempo remedia
não há maior desilusão que o vazio

o tempo remedia
a falta, o repúdio, a ganância
o tempo remedia
o grito, o silêncio, o lamento
o tempo remedia
o vício, a verdade, a ferida
o tempo remedia
o sustento, o sentimento, o vazio



0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos