1 de dez de 2013
emudeço
ao som
do silêncio
a cabeça
não se cansa
adormece
vira sonho

o que espanta o medo
afugenta o vínculo
amolece o enfático
entristece o cético
desapega o âmago
desafia o poético

ao despertar
reaparece
a vontade
primeira
e derradeira
vira desejo
se esconde
ou se revela
de dentro
à medida
do juízo
da cabeça

por que canta o sabiá
pra despertar a aurora
ou acordar o silêncio
envaidecer a memória
agradecer o momento?








0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos