3 de dez de 2013
será o vento
será o canto
que leva o meu lamento
meu desencanto
que brinda um juramento
depois finge espanto

será o canto
será o vento
que tece uma teia de acalanto
de sentimento
estima a certeza de meu pranto
de fora vê a dor que fica dentro

pela voz
ou pelo ar
se confundem na fumaça do destino
canção
ou temporal
de vez em quando quem manda é o coração

vou musicar um tempo bom
que deixe o homem em frente à sua sorte
e mais humano ele se mereça
se torne ele mesmo sendo ele

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos