23 de mar de 2014
demore um pouco, deixe-me sair
é pesadelo mas posso até sonhar
eu fico triste ao ver a solidão
sem exagero, medindo a confusão
eu fico remoendo o jeito de sentir
larguei de mão

não tenho tempo pra ser teu inimigo
nem o intento de lhe fazer sofrer
eu quero a empatia que nasce sem saber
e que finge que não tem problema
pra não chorar

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos