30 de mar de 2014
na expressão do teu rosto
um breve desgosto no ar
não lhe tenho tão perto
quiçá me é certo sonhar
só me atrevo um pouco
adormeço o louco em mim
e descanso a mente
pra acordar contente, sorrir
se num gesto da gente
faz brotar a semente no chão
de repente, quem sabe
encontro a chave dessa paixão
que insinua
se divaga
se apressa
na canção
fica nua
se esconde
se revela
ao coração
pela rua escura
sou uma lanterna
sou fogo, luz de vela
sou o luar
a te iluminar


0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos