9 de mar de 2014
sou o navegador
de teu aquário
de vidro
fechado
à exposição
por onde
se foi
o imaginário
entender
a tua
condição

e a meditar
em teus caminhos
deparei com flores
e espinhos
calmarias
e redemoinhos
desataste o nó
de tuas dores
e amarraste
longe os sabores
que a água
jamais
será vinho
ou o milagre
humano
for divino
levante
da queda
vença
as dores

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos