14 de jun de 2014
dentro da cabeça
um bocado de incerteza

afloram no peito
emoções da mente
brotam da semente
a vaidade e a beleza

deixa de ser fático
mude o teu caminho
flores e espinhos
são as flechas
do teu arco

madrugada, dias
noites, solidão
pensamento, vias
mares, arrebentação

ventos
e correntes
água
e fumaça
deixa ser
de graça
o amor

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos