14 de jun de 2014
um pedaço de mim
só funciona com arte
indevido momento
derradeira saudade
que me leva a mim mesmo
seja só um instante
voa o meu desespero
que me mata de orgulho
vou salvar o desejo
que virtua meu rumo
que se cruzem as pontas
no desenho do laço
não me basta o beijo
nem somente o abraço
mais que pele, suores
tua luz encandece
enobrece o meu vício
simples fica a alegria
desafia o ciúme
encurta meu destino
supera a própria sorte
desencanta a angústia
se reveste de brilho

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos