30 de set de 2014
tá tão ruim...
as avarias da solidão
que esbarraram
em meu peito

cético demais
subtraiu com as cabeças
o raciocínio
rimou amor
com medo
e bagunçou o verso
de propósito

chega de magoar
um coração tão raro
já que a fé não rendeu
o encontro
que reine a desilusão

mente caia
em sua verdade

não finja que se foi
tua sorte não se tarda
permita-se sentir
o que outrora
ficou guardado

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos