25 de fev de 2015
morreu não
tá na lembrança
é que a saudade
cuida
bem
do meu querer
e a presença
faz
de
ti
melhor
e
encanta

o corpo
reina
intolerante
ao seu porvir
a cara
cobre
em vão
a máscara
e os assassinos
de amor
andam às soltas
o sonho
brando
a faca cega
o brilho fosco
que ameniza o dia a dia
razão de espera
felicidade
um dia chega

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos