16 de mar de 2015
dessa vez
cada palavra
ousou
mentir
gerou
desgraça
na deselegância
de um insulto

você
foi embora
e levou
toda e qualquer
pena

sentimento
inverteu-se
feito
onda

que a lua
mira
a
terra
girando feito um pião
e a dor
não é exclusiva
de humanos

sou
teu andor
tua
esperança

mas só dá pra carregar
o que me traz
utilidade

é o prazer
de amar
que nos leva
a fazer
algum laço

total
e intrínseco

e relativizo
o eterno
em
mim

pra não bancar
o cético
ou
o
crente

a dúvida
cria
a vontade

a razão
instrumentaliza
a dor

a esperança

no sentimento

a adesão
da fé
só pode
ser um gesto
livre

senão
é comer
a grama
pelo grama

e decidir
o acaso
pelo
ocaso

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos