16 de mar de 2015
deus
é a minha paixão
sem fim

tem a natureza
da amplidão

sua ideia
mora
no
meu
pensamento
seu
desejo
no meu
coração

matam-me
por ele

ama
o cativo

destrói
na batalha
acorrenta
esmaga
seus
adversários

leva a
paz em uma de suas mãos
na outra
o abandono

que a cabeça
se inquieta
e se endireita

quem é livre
sabe
a força
da sua própria cor

ora
escravos
éramos
iguais

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos