21 de abr de 2015
na mesma cama
a mesma cena
contradizendo
o meu poema
o amor não esteve por aqui

tua ausência
é o meu drama
a solidão
a tua fama
o meu prazer
a
te
parir

só mesmo o ar
trazer de volta o respiro
que as manhãs
ficam sem graça
sem o teu riso
a tua
mão
a
me
moldar

fujo
e
só encontro com o perigo
sou mais teu joio
que teu trigo
o mal em mim
expele
a dor

a poesia
tem encanto
e nos meus
olhos
só o pranto
a soluçar
por
teu
amor



0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos