3 de mai de 2015
não precisa ser muito
sábio
em perceber
o valor
de um respiro
até porque está
para além
de uma lembrança
ou saudade
e toda a sabedoria do mundo
se resume ao avesso do instante
à negação da escolha perdida
nos sentidos
ao soluçar da caridade
maltratada
na dor finita
e na felicidade falida

não podem ser uma perda
a coragem e o medo
as voltas do rodamoinho
o som dos pés do lagareiro
o vento a inebriar o crente
a água a perfurar a pedra
a ideia que enganou a mente

e o dia não cumpriu as suas horas
a noite se calou na escuridão
o sonho se evadiu com a memória
cabeça deu adeus ao coração

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos