6 de jun de 2015
pra me esconder
uma touca
e me disfarçar
uma roupa
quando eu não sei gritar

era para amar
um engano
pra mim tanto faz 
os teus planos
de me ver melhor

foi tão de repente
o sexo
vai dizer então
que eu não presto
a mim te prender

meu amor calou minha boca
com seu desamor

vou limpar o sangue no quarto
remendar esse peito de aço
viés do prazer

eu não vou sofrer o bastante 
depois delatar
o flagrante
me entregar 
a você




0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos