1 de mar de 2014
o que o coração não entende
a tua razão vai e decifra
e onde mora o juízo?
dentro de um peito qualquer
lá bem escondido
tem uma boca pequena
esse tal de juízo
o que a mãe manda ter
o pai tem que encontrar
deixa o dia inverter
e a noite o santo descer
feito fumaça subir
o que o fogo queimar
cinzas no mar, aspergir
do que o juízo cobrar
do que a verdade mentir
vale o tempo da mãe
e um bocado do pai
que pra ter humanidade
vale saber esperar

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos