20 de abr de 2014
a luz que vá brilhar em outros campos
o dia nascerá em amplidão
não vou mais precisar de algum encanto
que alimente mais a minha dor
repleto é o amor com suas armas
que deixa meu sistema desarmado
a vida é um sonho
que pouco ouso lembrar
quando me vem à mente
me resta pra contar
o que me cala
será que o perdão, eu o mereço
se minha indecisão tem suas causas
a ira e a luxúria tem seu preço
a mágoa e a esperança de mãos dadas
pra sempre é o mesmo sol
se vai em seu ocaso
iluminar uma outra natureza
pra ser melhor, voltar a ser criança
e entender melhor a sua trama
pra onde levaremos a tristeza
felicidade levamos pra cama
a norma se confunde com o vício
o derradeiro tem que ir embora
pra tudo a mente cria um artifício
que a morte do passado é o agora

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos