2 de nov de 2014
ai
coração
desastrado
de repente
se entrega
além
do
ponto

que afagos
lhe deixam
sem
domínio
dos
próprios
segredos

ai
coração
desastrado
a semente
se rompe
antes
do
tempo

que um
toque
qualquer
ganha
um brilho
obscuro

quando
vejo
meu corpo
em cima
do muro
a alma
se joga
se mete
em apuro

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos