26 de jan de 2015
tua pureza
tem a cor de abacate maduro
e a força de uma pera
envolvida em meus dentes

te devoro
enquanto o chão 
for teu caminho
te encontro

e faremos
de nós
o que a dor
resguardaria

teu sorriso
tem fome
de sonho
de festa
de luz

é o que basta
para um coração
de lua
mercenário
do tempo
que passa
de vida
que acaba

saia enquanto é tempo de plantio
para não colher os frutos tardios



0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos