19 de abr de 2015
defendo-me
com meu verso
infiel

me envolvo
com teu sexo
casual

me estrago
e
me enveneno
de
ciúme

e deixo um recado
na parede

tua pele
tem um gosto
que eu
gosto

tua boca
um
sabor
irresistível

e agora o que fazer

novamente
espero

já foi um desespero
antigamente

deus jamais
vai trair
a
sua humanidade
sou dele
o
que 
eu
posso sentir




0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos