22 de nov de 2013
o que dentro da cabeça
não encaixo
nem que desmereça a sorte
o devaneio
meu caminho de agora
deixa baixo
que a maçã novamente
vira anseio

lua míngua na noite
a buscar um sentido
um desejo
desanima o humano
por debaixo do pano
o seu guia
desespero ou calma
que a boca não cabe
no teu beijo
complacente engodo
de graça que a noite
vira dia

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos