23 de mar de 2014
o que de sal tem na pele
de doce tem no querer
o que se ouviu dizer
palavra que se desfere
o meu futuro é você
o meu futuro é você

faz de novo o gosto se gostar
temperar o tom
se revelar

dentro da cabeça
escapa de vez em quando
qualquer desejo
luto e me distraio
de manhã

tenho nada pra oferecer
sei não
o meu sentimento de prazer
e dor
é o que demonstra quem eu sou
se escondendo sob o edredom

os teus olhos me distraem
a direção
falo mais do que antes ouvi
nessa mesa branca o sonho
é azul
que fica vermelho sem saber

noite vira sonho
noite vira dia
e meu corpo espera o amanhã
sol virá
não sei
teu amor virá
não sei
nos despir à meia luz
e comer do pão
apressados feito o clarão
teu amor é meu
não sei
e mal sei de mim
juntos vamos acordar o fim

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos