22 de fev de 2016
é do preto que eu gosto
é no preto que eu me encosto
nas noites serenas

é do momento eterno e raro
quando isso tudo vai pro ralo
vaidades pequenas

e vem a morte feito um raio
a me acender
vai me levar até a estrela

e disso tudo o que vai sobrar
o teu perdão
o meu penar
a tua glória
e mansidão

o mar e o céu de terra
o mal e a caridade

0 comentários:

Seguidores

Acessos

Marcio Lima. Tecnologia do Blogger.

+ Vistos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve...:

Minha foto

Olá! Sou Marcio Lima, filósofo e poeta. Trabalho como professor de Sociologia nas redes públicas de Goiás e do DF. 

Em meus textos se encontram várias facetas de mim mesmo, do mundo que me rodeia, do outro e da experiência da transcendência que transforma. 

Teça seu comentário!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Concursos